quem sou eu

     
                                                                                                                     Ilustração . Heloisa Pacheco

Olá!


Sou Heloisa, artista plástica, da Vida e Arte Design, casada com Silvio e mãe de três filhos...Gabriel, Guilherme e Maitê Louise já adultos e todos em casa, por enquanto! Sou a "chef" da minha cozinha e fotógrafa amadora! 

De repente me dei por conta que já cozinho há muitos anos para os meus aqui em casa, diariamente. Estamos sempre em cinco ou seis pessoas em todas as refeições e com certeza já fiz muitas receitas no meu dia a dia e também para os eventos familiares. Inspirada no workshop de fotografia de gastronomia que fiz com Nilo Biazzetto Neto resolvi fotografar o que cozinho e colocar fotos no álbum A minha Cozinha no Facebook. Então, atendendo à pedidos criei este blog para postar as respectivas receitas das minhas fotos e falar de outros assuntos relacionados à cozinha (vejam nos links acima).

Praticamente aprendi a cozinhar depois que me casei. Até então, na minha família com meus pais e oito filhos, era quase sempre a minha mãe Maria de Lourdes quem cozinhava. Ainda tenho na memória o aroma dos pães quentinhos saindo do forno e nada era melhor do aquela fatia de pão com musse de banana que ela mesma fazia! Hoje eu entendo porque ela ficava pensando no dia anterior o que fazer para o almoço do dia seguinte, haja variações de cardápio!

Acho que não tenho nenhuma especialidade, cozinho de tudo um pouco, de salgados à doces e o que mais sei fazer realmente são as comidinhas do dia a dia. Preciso aprender muito ainda sobre peixes e frutos do mar, faço-os bem menos do que deveria, dada a dificuldade de comprá-los frescos por aqui. Eu cozinho baseada nas lembranças que  carrego das comidas da minha mãe, das comidinhas da minha vó e toda a família, diga-se, muito talentosa na cozinha e de todas as lembranças culinárias tão generosas, apetitosas, aromáticas e reconfortantes que carrego nas minhas lembranças. Tenho muitos livros e revistas de culinária, consulto bastante a internet, aproveito as dicas das irmãs e da afilhada, cozinheiras de mão cheia e de resto tenho que exercitar muito a criatividade com o que tenho em casa, procurando sempre fazer uma comida leve, balanceada e saudável.

Iniciamos uma reeducação alimentar há muitos anos atrás e desde então as minhas receitas geralmente são mais leves no dia a dia, óleo ou azeite o mínimo possível, evito frituras, gorduras e doçuras. Gostamos muito de comidas integrais, muitos legumes, verduras e frutas nos intervalos das refeições principais, não podem faltar. Recentemente deixamos de comer alimentos com glúten por opção, sem estresse e liberamos as restrições em alguma comemoração, porque ninguém é de ferro!

Não sou nenhuma chef e nem tenho a pretensão de ensinar alguém a cozinhar e sim de compartilhar as receitas de uma mãe que trabalha e faz comida diariamente para a sua família ou seja a minha cozinha na prática!

Ouvi ou li isto e concordo "Nada de terrorismo nutricional e radicalismo na alimentação, para quem pode..." como tudo na vida, com equilíbrio e sem exageros tudo fica bem melhor!

Obrigada pela visita e volte sempre! Beijos...